saudade faz mal à saúde…

05/03/2010 at 10:55 15 comentários

Um especialista diz: saudade faz mal à saúde.

Quem sofre desse mal, sabe do que estou falando. Ela te persegue, maltrata, corrói. Quando percebe-se, estás tomado por ela.

O tempo passa e piora.

Os sintomas são sempre os mesmos: sentir falta do abraço, do cafuné, do cheiro, do beijo, do afago; não poder socorrer prontamente ao receber uma ligação; não poder cuidar de um machucado; extremar questões que a distância aumenta o valor; não poder dizer ao pé do ouvido o quanto se ama.

São manifestações que só uma única pequena pessoa em meio a esse enorme mundo pode curar.

Quando resolvi entrar em uma relação interestadual não tinha olhos para prever esse parte. Não me arrependo, longe disso.

Tenho que aprender a lidar com ela, não deixá-la atrapalhar o que temos de mais bonito: o amor de duas pessoas.

Já me tornei especialista, conheço todos os tipos, as formas de, como sentir, de quem. Aprender a controlar o quando, como, e o porquê, é que são o segredo.

Em determinados momentos a imaginação é a sua melhor companheira. Inventar o reencontro, o que vou falar, qual presente levarei, que roupa quero que me veja quando estiver chegando, quais serão nossos programas.

E você se vê só.

Sabe que é tudo muito bom, muito legal, mas ainda faltam 3 semanas para esse beijo ser entregue.

Seu sistema (imunológico/nervoso/operacional) entra em parafuso. Acredite!

Você inventa brigas, ciúmes, encanações: todos desnecessários! Não sabe conviver bem com aquela falta. A ‘ausência de’ te transforma.

E essas brigas se tornarão nos pedidos de desculpas mais culpados. Como você ralha com aquela pessoa que está tão longe e por um motivo tão pífio? Como? As palavras passam a ter valores amplos e inexistentes.

Pois é. Saudade faz mal à saúde.

Mas a presença é o melhor remédio!

É tão bom, tão ‘mágico’!

Cura em uma única dose. Eu me medicaria todos os dias, se possível.

Preciso, urgentemente, descobrir uma vacina.

Por enquanto, uma dosagem me cai muito bem.

E assim vamos sentindo falta, refrescando a memória, revendo os pequenos mimos, as fotos, reconstruindo o cheiro, o gosto, o toque.

Saudade é perder-se em suas lembranças.

.

Hoje, excepcionalmente, a coluna “Espaço Democrático” não vai ao ar, contudo, deixei este texto feito de coração aberto.

Anúncios

Entry filed under: Contos / Crônicas, Fotos / Imagens / Desenhos. Tags: , , , , , , , , , , , , .

À tua beleza, óh, Gezebel… Espaço democrático… #2

15 Comentários Add your own

  • 1. isoca  |  05/03/2010 às 12:06

    Ih, Ih… Olha só, sou eu na foto! Sou eu nas tags! E espero que seja eu no seu coração (desculpem a breguice, caríssimos leitores) para sempre!!!

    Sabe que saudade seria boa? A que começa no bom dia durante à manhã e termina na janta à noite. Ou, sendo um pouco mais aberta a sentir saudades, a que começa no domingo à noite e termina na sexta às 17h. Isso eu acho justo, isso eu acho justíssimo!

    Passou disso, saudade é uma chata, e precisamos aprender a driblá-la, ah, meu amor, se você soubesse (e sabe!) o quanto sou melhor do seu lado…

  • 2. coracaodepoeta  |  05/03/2010 às 12:35

    Pois bem, não tem como não ser você.

    Eu adoro essa foto:
    Ela me passa algo como uma despedida… Mas não uma despedida triste, uma alegre… ‘Vou embora, mas feliz em ter você para me esperar… Mas fica tranquilo, logo, logo eu volto…’

    É o que ela me diz… Esse caminho atrás, embaçado, com essas árvores…

    Embora no dia estivesse um calor do cão, em P/B a foto parece que estava um dia gostosinho, ameno, com uma brisa calma e apaziguadora, igual é quando te vejo…

  • 3. Ingridh  |  05/03/2010 às 18:39

    Que delicia de texto!

    Me deu até saudade… Não sei do quê, não sei de quem, mas me deu…

    🙂

    Vocês são lindos. :´)

  • 4. Náshara  |  08/03/2010 às 00:40

    Sem palavras…

  • 5. MarinaG  |  08/03/2010 às 16:19

    Conheço essa tal de saudade, que assim como tem maltratado você e a Isis, Isis Maia, Isis Paris, Isis Paris Maia, tem maltratado e muito a mim também 😦
    Se encontrar o remédio por favor me indique!

    Um abraço! :*

  • 6. eduardo pigatto  |  08/03/2010 às 20:27

    cooljohnny, me ajuda!
    tem várias estampas que eu mando para o camiseteria só para divulgar o meu trabalho, mas acho que essa está bem legal.
    convoque suas “cooljonetes” para votar e deixar comentários construtivos “puxando o saco”!!!
    abração do amigo eduardo

  • 8. eduardo pigatto  |  08/03/2010 às 20:29

    valeu, pessoal!
    feliz dia internacional das mulheres.
    realmente, sem vocês, estaríamos totalmente ferrados!

  • 9. coracaodepoeta  |  09/03/2010 às 09:11

    Marina:
    O remédio que conheço é em doses homeopáticas… Mas é bom!
    🙂

    Edu:
    Querido, já dei uma divulgada, o lance agora é esperar também.
    Tô te mandando um e-mail!

  • 10. isoca  |  09/03/2010 às 12:27

    ‘cooljonetes’ hahahahaha, adorei!

  • 11. coracaodepoeta  |  09/03/2010 às 12:34

    Hahahaha… esse Edu, né?

  • 12. valetedecopas  |  09/03/2010 às 17:24

    Caro amigo,
    Pra que vacina? a dosagem é boa, pois sempre haverá um gostinho de quero mais, e é isso que torna a relação mais atraente e mais apimentada a cada reencontro, num é?
    Saudade é melhor do que caminhar vazio…
    Aquele abraço!

  • 13. juzanotelli  |  12/03/2010 às 12:21

    fico passada com o seu romantismo.
    lindo de ler, lindo de ver!

  • 14. coracaodepoeta  |  12/03/2010 às 12:36

    Ela voltooooooou!!!!
    Obrigado, ju(zanotelli)!

  • 15. Lara  |  08/07/2010 às 20:34

    Achei o seu texto enquanto sofria de saudade do meu marido que tá na copa, lá na África. É só um pouco mais de um mês, mas nunca ficamos separados tanto tempo assim. Isso só me fez comprovar que nunca teria equilíbrio emocional para um relacionamento a distância. Parabéns se vcs conseguem. Mas como driblar esse tal ciúme, essa angústia que me sufoca? O pior é que agora só faltam poucos dias pra ele voltar e eu tô cada vez mais irritada, cada vez mais chateada com essa distÂncia…Vc faz poesia com a saudade e eu só consigo me afastar ainda mais dele com essa raiva velada…Nammm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Coração de Poeta


sou só um mensageiro, um profeta, contador de estórias: coração de poeta

twitter…

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

flickr...

esperança…


%d blogueiros gostam disto: