passos para quem quiser me irritar…

06/11/2009 at 20:18 Deixe um comentário

ontem tivemos o dia mais quente do ano…

calor em excesso é irritante… sair do ar-condicionado e ir para o almoço no calor, com a calça (quem trabalha formalmente, em lugares que não são metidos a estúdio cool, sabe como é isso – invejo as saias das moças) escorrendo suor para as meias, uma linha de água descendo pelas costas e indo para a barra elástica da sua cueca… e sendo careca, então… a falta de cabelo não prende o suor… a testa goticulada, jorrando para os olhos, que ardem…

tirando a calefação ambiente e fazer o que não estou com a menor vontade (por ter dado a minha palavra, executo – com promessas de não mais o fazer, mesmo que o outro lado ache que seja um escroto – parei!) , sabe o que realmente me irrita?

acho que nunca deixei claro neste blogue: pessoas que me cortam acabam com meu humor!

por alguns motivos:

– primeiro por ser falta-de-educação, mas tudo bem… todos já cortamos e fomos cortados… reparem bem: pessoas educadas, mesmo que queiram falar, esperam a sua vez (assim como também costumam dar créditos às piadas e comentários que não são seus)…

– tenho um problema com linha de pensamento… acabo enfurnando 30 mil coisas na cabeça que fica difícil manter uma reta… quando formada, fica clara… mas ao ser cortada, é necesário que toda a tese, antes formulada e construída (longe de ter o pensamento lento, tá?! mas quem exita, fala menos merda – se assim, já falo) seja refeita, me lembre o ponto que parei, e retome…

– ao ser cortado, esqueço totalmente de onde estava… e fico sem saco de reformular o pensamento… mas se o ouvinte realmente estivesse interessado em escutar, não cortaria pra:

a) fazer uma piada sem graça sobre o assunto;
b) pegar de gancho do tema e contar uma história que começa com ‘eu’ (logo, logo, falarei sobre o ‘eu vaidoso’);
c) chamar outrem a participar e tentar me sacanear por algo sincero que disse;
d) cortar pra concordar e dizer que sabe bem como é.

apelo: por favor, não me cortem!

quem quiser me irritar, já sabe…

ah… já que comecei com o ‘corte’, vou falar de outras coisas que me incomodam também:

– sabichões nada humildes: geralmente são umas bestas… sabem demais de tudo…

– o ‘eu vaidoso’: a pessoa é tão umbigo, mas tão umbigo, que consegue enfiar um ‘eu’ em tudo o que você conversa com ela… ‘comigo’, ‘meu’ e ‘minha’ são variações do ‘eu’… ex.: pizza: “puxa, ontem fui comer uma pizza maravilhosa!” – “isso porquê você nunca foi no lugar que eu vou sempre” / ex.: mãe: “pô… mamãe fez um doce maravilhoso!” – “você tem que comer que a minha mãe faz! é perfeito!”

– os que sofrem mais que você: faz parte ‘eu vaidoso’ – ex.: um diálogo entre quem já quebrou a perna: “puxa, fraturei a perna!” – “ah… mas quando eu fraturei, foi em duas partes!”

– os ‘geniais’: alguém solta uma tirada fantástica e você ouve em seguida algo como ‘era isso que eu ia falar’ – PORRA! por quais diabos não falou antes, então?

a lista continua… mas quem quiser me irritar já tá aprendendo…

Anúncios

Entry filed under: Contos / Crônicas, Revista CDP. Tags: , , , , , , , .

atro-(cidade)/(pelado)… outro tijolo na parede…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Coração de Poeta


sou só um mensageiro, um profeta, contador de estórias: coração de poeta

twitter…

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

flickr...

multi-uni-verse

Boring Dad

Similis vobis

Mais fotos

esperança…


%d blogueiros gostam disto: