significados…

09/06/2009 at 12:10 Deixe um comentário

desprezo
(ê) [Dev. de desprezar.]

Substantivo masculino.

1. Falta de apreço; desconsideração, desdém. [Sin., ant.: contemptamento, contempto.]
2. Repulsa com nojo. [Pl.: desprezos (ê). Cf. desprezo, do v. desprezar.]

Dar-se ao desprezo. 1. Fazer-se desprezível; abandalhar-se, aviltar-se.
Ser o desprezo de. 1. Ser objeto de desprezo por parte de.

x
desprezar
[De des- + prezar.]

Verbo transitivo direto.

1. Ter, sentir, testemunhar desprezo a:

Mau-caráter, despreza os humildes.
2. Não fazer caso de; não dar importância a; não prezar:
“Despreza o que estimou” (Gonçalves Dias, Obras Poéticas, II, p. 149);
Os eremitas desprezam os bens materiais.
3. Recusar, rejeitar:

desprezar um oferecimento.
4. Não levar em conta, não meter em conta; não incluir no cômputo:

No cálculo das despesas, desprezou as frações.

Verbo pronominal.

5. Envergonhar-se de si mesmo; ter-se em má conta.
6. Aviltar-se, envilecer-se, rebaixar-se. [Pres. ind.: desprezo, etc. Cf. desprezo (ê).]

-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

desdém
[Do provenç. desdenh.]

Substantivo masculino.

1. Ato ou efeito de desdenhar; desprezo com orgulho.
2. Altivez, arrogância.

Ao desdém. 1. Descuidosamente, negligentemente; desafetadamente:

“Manga de camisa solta, / Faixa pregada ao desdém” (Francisco Rodrigues Lobo, Églogas, p. 254).

x
desdenhar
[Do lat. vulg. *desdignare < lat. dedignare, por dedignari.]

Verbo transitivo direto.

1. Mostrar ou ter desdém a; desprezar com altivez:

Desdenha as amizades que não lhe aproveitam;
“Eu sei de certos senhores / Que desdenham, sérios, graves, / O doce aroma das flores / E o terno canto das aves.” (Ricardo Gonçalves, Ipês, p. 49).
2. Motejar, escarnecer.

Verbo transitivo indireto

3. Não fazer caso; menoscabar:

Não desdenhemos dos humildes.

Verbo pronominal.

4. Não se dignar. [Pret. imperf. ind.: desdenhava, …. desdenháveis, desdenhavam. Cf. desdenháveis, pl. de desdenhável.]

Fonte: O Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa

Anúncios

Entry filed under: Contos / Crônicas. Tags: , , , .

desprezo ou desdenho? navegadora amada, sabe ‘humorar’ alguém, rouba algozes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Coração de Poeta


sou só um mensageiro, um profeta, contador de estórias: coração de poeta

twitter…

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

flickr...

esperança…


%d blogueiros gostam disto: