a maior criança do mundo…

27/05/2009 at 14:44 9 comentários

procurava assunto para colocar neste e blogue… e achei!

estava lendo o do saramago e tem um post que ele fala sobre um livro infantil que escreveu (minha tentativa de ilustrar um não deu em nada, o autor me mandou, conversamos, mas, antes que eu pudesse rabiscar qualquer coisa, nossa idéia foi por água abaixo – ainda sinto vontade de fazê-lo, só para ver como poderia ficar, mas demanda tempo, e este, ultimamente, tem sido artigo de luxo), de como se decepcionou com o que uma criança disse a ele e que rumo tomou… é só clicar aqui para ler (e aproveitando, ver o fruto)…

gostei das palavras:

“E se as histórias para as crianças passassem a ser de leitura obrigatória para os adultos?

Seriam eles capazes de aprender realmente o que há tanto tempo têm andado a ensinar?”

José Saramago

como alguns sabem (e provavelmente, agora todos), sou fã incondicional de [boas] estórias infantis e também acredito que estas sejam capazes de ajudar na formação de caráter e no artista (seja qual for a arte) que a criança tem o potencial de ser… observo, muitas das vezes, problemas em quem quer contar: tratar a criança como um ser ininteligível e mastigar a imaginação da própria…

certa vez, uma conhecida, que é contadora de estórias, travou o seguinte diálogo comigo (até então também acreditava que teria que ser assim):

– a criança num é burra! – disse ela…

– sim, claro que não… mas como fazer, então? é um público diferente, não?

– num é por isso que você precisa tratá-la assim: ‘aaaaaaíííííí (espremendo as mãos contra o rosto), o peeeeixinho chegooooou e diiiiisse (apontando para qualquer canto) – óóóóóóólha’

– ah, é? não? então como é?

– ‘aí, (‘rabiolhou’ para um lado e para o outro) o peixinho chegou e disse (apontando com o queixo para qualquer canto) – olha!’

– aaaaaaaaah táááááááá… entendiiiii (mas fazendo cara-de-[como podem ter miúdos lendo, pegarei leve]bumbum, e não era deboche, estava realmente daquele jeito)…

simples assim… desde então aprendi a não tratar a criança, seja ela qual for, como tal, apenas… ela sabe pensar, sabe interagir, sabe ser esperta.. tem seus sentimentos, suas idéias e suas vontades…

já pararam para pensar que hoje, após passarmos pela adolescência, terminados certos estudos (estudar é sempre bom… nunca parem, sejam crianças ou adultos!), as nossas idéias se aproximam das que tínhamos quando crianças? e,  diferente da época, podemos concretizá-las…

Anúncios

Entry filed under: Contos / Crônicas, Revista CDP. Tags: , , , , , , , , , , .

el amarillo es mi color favorito… e dá pra não ficar se sentindo ‘o cara’?

9 Comentários Add your own

  • 1. Beanes  |  28/05/2009 às 10:25

    belo nome de blog….rs…
    o meu é por conta de uma música do bom e velho Chico Buarque de Hollanda…quem sabe o coração não se transforma, né?
    arriscar não custa nada.
    abraço

  • 2. larissa  |  03/11/2009 às 09:58

    cadê a foto

  • 3. coracaodepoeta  |  03/11/2009 às 10:03

    foto do q?

  • 4. ana paula  |  21/11/2009 às 15:21

    oooooooooooooooooooooooooooooiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
    vvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvoooooooooocccccccccccceeeeeeeeee
    eeeeeeeeee gggggggggggggggggoooooorrtooooooo

  • 5. coracaodepoeta  |  23/11/2009 às 10:04

    cuma?

  • 6. suzananascimento  |  27/01/2010 às 11:31

    Ah, que legal! Fiquei emocionada por saber que uma conversa nossa trouxe tão importantes descobertas… importantes mesmo! Obrigada, querido! Posso postar este texto no meu blog?
    Beijo imenso e que a poesia continue…

  • 7. suzananascimento  |  27/01/2010 às 11:33

    Ah, e olha que lindo: eu já contei a história do Saramago – A maior flor do mundo. E juntei com uma história minha sobre uma flor também, que ainda nao registrei mas quero transformar num livro pra crianças… este texto dele sobre escrever histórias infantis está no livro dessa história.

  • 8. juty  |  24/02/2010 às 19:57

    ahahahhahah

  • 9. adasd  |  15/02/2011 às 15:50

    foto da criança maior do mundo oras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Coração de Poeta


sou só um mensageiro, um profeta, contador de estórias: coração de poeta

twitter…

Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

flickr...

esperança…


%d blogueiros gostam disto: